quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Eu sou da Geração Y

Fala-se muito sobre essa geração Y. Confesso que muitas verdades. Mas algumas afirmações, eu não concordo.

Ok, primeiro, vou apenas expor minha opinião sobre a minha geração. Certa ou não, é minha visão! Algumas das características dessa geração que li em um artigo são: profissionais instáveis, que não aceitam hierarquia e que necessitam de motivação constante.

Bom, vejamos. Você é criança, seu pai trabalha em uma empresa que parece precisar muito dele, e ele trabalha demais, de repente é demitido por causa de uma crise. A empresa teve que demitir, e ai você pensa, mesmo que esteja em uma empresa, não vou ficar parada. Por isso, vou procurar emprego por via das dúvidas, e acabo achando um bem melhor. Devo pensar em ficar na empresa? E se ela me demitir depois de um mês?

E não é que essa geração não pense em criar carreira em uma empresa. Eu, por exemplo, penso nisso, mas a própria empresa, às vezes, não dá essa oportunidade, então ela também deve ser da geração Y? Foi fundada na década de 80?

Agora, em questões de hierarquia, não sei a maioria, mas fui educada para respeitar e não temer. Antigamente (ou até hoje), algumas pessoas não se achavam no direito de falar com O Presidente da empresa, não se acham dignas. Então, a questão é que nossa geração é mais confiante e isso nem sempre é algo ruim. Afinal, eu tenho que me valorizar e valorizar meu trabalho, já que me esforço tanto por ele.

A motivação, todo mundo precisa. Reconhecimento, feedback, são formas de aprendizado, e é isso que queremos. Aprender, aprender, aprender, evoluir, evoluir, evoluir. Faz parte de nossa sociedade.

E como dizem, a nossa geração é consequência da anterior, e por ai vamos sobrevivendo.

Além disso, o próprio mercado, com muita demanda e concorrentes, faz com que o profissional da geração Y deseje mais oportunidades de adquirir experiência.

No fim, todas as gerações tem prós e contras, mas todos devemos nos adaptar.

Eu sou da geração Y com muito orgulho.

3 comentários:

  1. Oie! Fer, tambem sou da geração Y, e concordo inteiramente com vc. As empresas mesmo em sua maioria nãos sendo da nossa geração, não pensam 02 vezes para demitir um funcionário, por isso apoio a rotatividade. Mas mais do que isso, apoio o deslocamento horizontal, mais do que o vertical.

    ResponderExcluir
  2. Edificarte.
    tudo que plantares irá conher, que na sua vida e no seu caminho, seja espalhada a semente da paz, da compreensão, do amor, o respeito e da união.. e que Jesus Cristo lhe receba de braços aberto..

    abraços..

    ResponderExcluir
  3. Bom dia.
    Desculpa o incomodo, mas venho hoje pedir que olhe com carinho meu blog de resenhas literárias, o O Leitor.
    Se puder fazer parte, agradecemos.

    Obrigada e uma ótima quinta-feira. Beijos,

    Pamela.

    ResponderExcluir